google.com, pub-5161198802401146, DIRECT, f08c47fec0942fa0 Santiago | Viajante!

Santiago


Como vocês já sabem, estive em Santiago na primeira semana de agosto, e por causa de várias perguntas que recebi nos comentários dos vídeos, redes sociais e e-mail, resolvi fazer um resumão de Santiago para vocês. Este resumão será dividido em dois posts. Espero esclarecer, e se ainda sim houver dúvidas, deixem os comentários de vocês aqui em baixo. Terei o maior prazer em responder e sanar as duvidas de vocês.

- TUDO SOBRE O CHILE:


Passaporte/visto: Você não precisa de passaporte nem visto para entrar no país, apenas da carteira de identidade em bom estado de conservação (de preferência com menos de 10 anos de uso).

Moeda: A moeda do Chile é o peso chileno e para fazer a conversão para o real, você deve dividir o valor em peso por 180.  Exemplo:  20.000 pesos / 180 = R$111,00 .

O melhor lugar para trocar dinheiro é na R. Augustina, bem no centro, fácil acesso, uma do lado da outra, e legalizadas (diferente das de Buenos Aires).

Banco: Os bancos que tem no Chile são: Itaú, Santander e uma agência do Banco do Brasil. Se você habilitar seu cartão de crédito e débito para saque no exterior, vai pagar uma taxa de aproximadamente R$20,00 a cada retirada no caixa eletrônico, do seu banco, é claro. E uma péssima cotação, de aproximadamente 170 por real.

Energia: A tomada de 2 pinos comuns encaixa perfeitamente, a de 3 não. A voltagem é  de 220.

Transporte: Chegando no aeroporto fomos abordados por taxistas 'clandestinos', porém os agenciadores deles são cadastrados no aeroporto, com crachá e tudo. Hein? Sim! haha, fomos abordados logo ao desembarcar e pegamos um transporte clandestino, mas foi tudo ok!

O metrô de Santiago é limpo, bem sinalizado, eficiente. as pessoas são amáveis, tudo limpinho, cheirosinho e ainda é barato. Usamos e abusamos (conforme vocês podem ver nos vlogs).

Locação de carro: Apenas para maiores de 22 anos, com cartão de crédito de próprio nome com limite alto (3x o valor do aluguel para caução)


Clima / Tempo: Na capital Santiago as temperaturas têm uma média de 20ºC no verão, com máximas de até 36º C. Janeiro e fevereiro são os meses mais quentes. No inverno as temperaturas podem chegar a -2ºC, ainda que a média diurna seja de 10º C. Ao planejar qualquer viagem, deve-se considerar que a diferença de temperatura entre o dia e a noite pode variar em mais de 20 graus.

É no inverno onde aumenta bastante o número de turistas interessados na prática de atividades de inverno.

Consulado:

Embaixada do Brasil no Chile
Calle Alonso Ovalle, 1665 - Santiago
Telefone (00xx562) 698-2347
Fax (00xx562) 671-5961

Consulado do Brasil em Santiago
"Edificio Banco Exterior" Calle Enrique Mac-Iver, 225 - 15º Piso
Santiago – Centro
Tel. :(562) 441-9187

Cordilheira dos Andes

Antes de ir, li muitos relatos sobre 'não conseguir visitar todas as estações em um só dia', vi também que era praticamente 'obrigatório a locação de roupas' e li ainda sobre 'os preços caríssimos para esquiar'. Mas que quando cheguei lá, tudo foi beeeem diferente. Para falar verdade, fiquei até espantada. rsrs.

Quem me acompanhou nos Vlogs de Santiago (5 episódios), pode perceber que todas essas três afirmações acima não valeram para mim. Pelo menos para mim que só queria conhecer a neve, brincar e me divertir um pouco.

Saímos do hotel bem cedo, passamos por Farellones, que quase não tinha neve, mas era beeeem frio (fomos na primeira semana de agosto), e seguimos para o famoso Valle Nevado.

Vamos às perguntas:

- Como você foi para a Cordilheira? 
Fomos de van, com o mesmo motorista que conhecemos no aeroporto e nos levou para o hotel. Pagamos cerca de R$100 pelo transporte (ida e volta)

- Você alugou roupa? Quanto custou?
Não aluguei. Ainda bem, porque lá em cima estava um sol de rachar, super quente, vocês devem ter visto nos vídeos né? Mas os meninos alugaram, e custa 8.000 pesos cada 'peça'. Mais ou menos  R$45. Dá pra acreditar?

- As coisas lá em cima são caras, tipo comida?
Em Valle Nevado peguei só uma água (R$10), mas em Farellones tomamos um café, tudo muito caro. Meu cafézinho (sim, aquele básico) custou  R$20.

- Quanto tempo você ficou lá?
Chegamos umas 10horas em Farellones, paramos cerca de 40 minutos para fotos e lanche, e seguimos para saímos de Valle Nevado




E agora sobre as famosas cidades litorâneas de Santiago: Vinã del Mar e Valparaíso

Pegamos um ônibus rodoviário e pagamos apenas R$10 de Santiago até Vinã del Mar, por lá, andamos de metrô por todo lado. A vista do metrô é linda. Ele passa na orla das praias ♥.
Já as praias não são muito bonitas, mas valeu os cliques.

Confira todos os episódios da websérie aqui em baixo e confira como foi essa viagem incrível!